Carboidratos

Carboidratos também conhecidos como glicídios ou açúcares, são as principais fontes de energia para as pessoas e estão divididos em vários grupos de alimentos como segue abaixo:

  • Cereais como arroz, trigo, aveia, entre outros;
  • Raízes e tubérculos como batata, mandioca, cenoura, beterraba, entre outros;
  • Leguminosas como feijão, ervilha, soja, entre outras;
  • Frutas como banana, manga, maçã, entre outras;

Carboidratos

Essas fontes de energia que são fornecidas ao organismo, permanecem estocadas para que haja energia de reserva para os momentos em que o corpo não está se alimentando, como por exemplo, a noite durante o sono, o único problema é quando o organismo armazena mais energia do que gasta.

Os maiores vilões quando se fala em carboidratos, sem dúvida são os pães, bolos, biscoitos e massas, que são os carboidratos brancos, os quais após serem consumidos principalmente quando em excesso, transformam a energia em gordura a qual vai sendo acumulada ao redor da cintura.

Acontece que o organismo ao consumir o carboidrato branco, ou seja, alimentos feitos com farinha branca, se transformam em glicose e vão direto para o sangue, é quando a insulina entra em ação tentando transformar essa glicose em energia.

Caso não consiga transformar os carboidratos em energia devido ao excesso, e se não for gasta através de exercícios físicos, começa a ficar depositada num dos piores lugares do corpo, na barriga e na cintura.

É por estas razões que é recomendado pelos nutricionistas que sejam ingeridos somente carboidratos integrais já que tem índice glicêmico baixo, além de serem fontes de alto teor de fibras indicadas para reduzir a quantidade de carboidratos absorvidos, e ainda, deixar a absorção mais lenta.

Essas fibras contidas nos carboidratos integrais não são digeridas nem absorvidas pelo organismo, por isso mesmo é que promovem a limpeza nos intestinos, retirando todas as impurezas e as toxinas que estavam acumuladas, até mesmo há muito tempo.

A outra vantagem em incluir no cardápio somente carboidratos integrais, é que devido ter a digestão mais lenta mesmo que tenha comido em excesso, haverá tempo suficiente para queimar as calorias através de exercícios ou caminhadas antes que sejam armazenadas, senão, daria origem a gordura localizada considerada a mais difícil de eliminar.

Estas são as principais razões que não se deve retirar do cardápio os carboidratos, mesmo em dietas restritivas, pois se o corpo deixar de receber a energia fornecida pelos carboidratos, os músculos começam a desaparecer, mesmo assim, não significa que a gordura está sendo queimada, pelo contrário permanecerá inalterada.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *